100azimutes


ALPES 2017: L’OTTAVA MERAVIGLIA DEL MONDO

L'OTTAVA MERAVIGLIA (Cópia)

O Skyway Monte Bianco, com (i)modéstia chamado pelos italianos como a Oitava Maravilha do Mundo, é um complexo turístico sobre o maciço do Monte Branco, situado em Courmayeur, no Vale de Aosta, e tem como principal atracção um teleférico com modernas cabines que vão rodando 360º e nos permitem visualizar paisagens deslumbrantes enquanto percorremos a ascensão/descida de 15 minutos, dos 1300 até aos 3500 metros de altitude. Dispões de três estações (a intermédia, é o Pavillon do Mont-Frety, a 2170 m), com bares, restaurantes, lojas e lounges com enormes “janelas” de vidro, que proporcionam fabulosas vistas sobre o Vale de Aosta e as montanhas circundantes, com toda a tranquilidade e algum requinte, estando preparadas para resistir a ventos superiores a 200 km/h. Chegados ao topo, o pico Helbronner, a 3.466 metros, subimos os degraus de uma estrutura metálica que nos dá acesso ao “ninho das águias”, um terraço metálico (nada favorável para filmagens com tripé, pois oscila ligeiramente com o movimento dos turistas) com vistas ditas deslumbrantes sobre os picos Cervino, Monte Rosa, Gran Paradiso e toda a paisagem envolvente – que infelizmente e devido ao tecto de nuvens, só por breves minutos conseguimos vislumbrar. Contrariamente ao teleférico da Aiguille du Midi, o complexo dispõe de trilhos onde podem circular viaturas de socorro que chegam às cabines do teleférico em caso de necessidade (do lado francês, houve incidentes em que centenas de turistas tiveram de ser resgatados de helicóptero e muitos tiveram de passar as noites com mantas fornecidas por socorristas, pois, devido às condições atmosféricas, não foi possível resgatá-los). Como já referido, tentámos aproveitar uma pequena janela de oportunidade, pois que sabíamos que a meteorologia estava a piorar, com nuvens muito baixas; infelizmente, soube a muito pouco.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

Anúncios


ALPES 2017: TÚNEL MONTE BRANCO E VALE FERRET
09/07/2017, 22:29
Filed under: FRANÇA, ITÁLIA | Etiquetas: , , ,

IMG_4816

O túnel do Monte Branco, de trânsito bi-direccional, foi inaugurado em 1965 e tem uma extensão de 11,6 km. A sua entrada em exploração permitiu encurtar substancialmente a distância entre Chamonix (França) e Courmayeur (Itália) passando sob a vertical da Aiguille du Midi. É uma via com portagens caras e que obriga a alguma atenção, pois tem um tráfego constante de veículos pesados, sem grandes escapatórias. Em 1999 houve um grande sinistro, com incêndio de dezenas de viaturas e o falecimento de 39 pessoas que se refugiaram nas zonas de segurança, mas vieram a sucumbir devido à inalação de monóxido de carbono. Fomos controlados pelos Gendarmes franceses antes de chegarmos às portagens, e pelos Carabinieri italianos quando saímos do túnel, antes de chegarmos a Courmayeur. Um dos nossos objectivos para este dia era visitar calmamente o Vale Ferret, pernoitando precisamente em Courmayeur. Este vale, perpendicular ao vale de Aosta, é um pequeno pedaço de paraíso na terra, um vale que nos deixa encantados com a sua serena beleza. Na realidade, há dois vales: um, do lado suíço e este, do lado italiano, o que visitámos. Embora não muito extenso, começa no Col Ferret e é transitável por uma sinuosa estrada de montanha, permanentemente ladeada pelo igualmente tortuoso rio Dora Ferret. Sem a grandiosidade do vale de Aosta ou de alguns outros vales do PN Gran Paradiso (que também visitámos), e até com alguma parcimónia nas infra-estruturas turísticas existentes, é um verdadeiro paraíso para fazer caminhadas acessíveis a toda a família, circular de bicicleta ou, simplesmente, contemplar a magnifica natureza envolvente.

Ficam algumas fotos do Vale Ferret e um filme no YouTube, também com o Túnel do Monte Branco.



ALPES 2017 – TEASER
30/04/2017, 22:37
Filed under: FRANÇA, ITÁLIA | Etiquetas: , , , , , , , , ,

IMG_4878

O inesperado adiamento de uma ida até Marrocos, prevista para a segunda quinzena de Abril, baralhou-me os planos para as férias entretanto marcadas e compromissos assumidos. Mas, como soe dizer-se: há males que vêm por bem. Em dois fins-de-semana de pesquisa, delineei uma viagem aos Alpes franceses e italianos que, felizmente, correu totalmente como planeado e nos deixou com vontade de regressar. Deixo-vos com algumas breves imagens, prometendo artigos desenvolvidos assim que conseguir organizar as muitas fotos e filmes efectuados.