100azimutes


ISLÂNDIA # ICELAND – 8 (HERDUBREID)

O objectivo inicial desta etapa era o vulcão Askja. Devido ao meio dia de atraso inicialmente provocado pela avaria do primeiro Suzuki, decidimos que iríamos pernoitar no parque de campismo do PN, próximo da base do Herdubreid. Para mais, a Andreia estava com uma ponta de febre e não havia necessidade de andarmos a correr. Aliás e em rigor, andar rápido era totalmente desaconselhado nesta etapa pois, como não tínhamos jerrycan para gasolina de reserva, não se adivinhava grande folga de combustível.

Pois é... e não tínhamos jerrycan

Tanto quanto tinha apurado na net, a F88 até ao Herdubrei não apresentava dificuldades especiais e convidava a carregar no “prego”, excepto nas passagens a vau durante a força do degelo.

O início dos campos de lava

Ninguém em linha de vista

Do outro lado, um Big Foot que esperou a nossa passagem...

A verdade é que em todas as travessias a vau assistímos a um espectáculo dos outros condutores, procurando que fossemos sempre nós a atravessar primeiro. Por vezes, fingiam tirar fotografias, saiam da viatura e simulavam ir passear… um autêntico festival.

David e Golias (versão islandesa)

Paredes de lava com cerca de 3 metros de altura

Ao fundo o Herdubreid

Stay close to the (blue) rope

O abrigo das Rangers

Numa das últimas travessias da F88 antes do Herdubreid encontrámos uma Ranger numa L200 que nos confirmou o bom estado do terreno do parque de campismo e nos disse que também podíamos pernoitar no Hut. Quando lá chegámos, optámos pela nossa “independência” naVE25, isto, apesar de não estar nenhuma tenda montada. Havia 2 viaturas 4×4, uma delas um Big Foot de um casal de Islandeses de férias que, após nos verem a montar a tenda sob forte vento, decidiram também montar a deles junto à nossa. Ajudámos pois que o vento era mesmo muito e eles estavam com dificuldade. Ficámos a saber que já tinham vindo a Portugal e tinham tido sorte ao jogo no Casino Estoril. Como, para os dias seguintes, o trajecto deles coincidia com o nosso, foi um bom encontro. No entanto, deixaram uma dúvida no ar: a autonomia e altura livre ao solo do Vitara permitiriam efectuar a pista?

Elucidativo

Por volta das 0900 do dia seguinte

Idem, já sem nevoeiro e com o duplo tecto a secar

A nossa conduta de água

O sistema de bombagem e de filtragem

Ligação para o vulcão Askja (próxima etapa)

A montanha de Herdubreid tem cerca de 1.682 m de altitude e é conhecida como a “Rainha das Montanhas Islandesas”. O parque de campismo é uma óptima base para as inúmeras caminhadas que se podem efectuar ali à volta, mas optámos “arriscar” na estabilidade do barómetro e seguir para o Askja enquanto estava bom tempo.

PODEM VER UM VÍDEO DESTA ETAPA AQUI

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: