100azimutes


TIBETE – EVEREST NORTH FACE BASE CAMP a LAO TINGRI
02/10/2009, 22:50
Filed under: Tibete - o Tecto do Mundo | Etiquetas: , , , ,
Everest - 8.848 m

Everest - 8.848 m

Durante a noite, o forte odor que se libertava do fogão/salamandra alimentado com excrementos secos de yak, aliado ao monóxido de carbono que se misturava na já de si rarefeita atmosfera da tenda, tornou esta noite um verdadeiro suplício. Algumas vezes  perguntei-me em silêncio o que estávamos ali a fazer, o que queríamos provar, pois nada parecia justificar racionalmente o que estávamos a passar. Muito antes das 0600 já ninguém conseguia dormir. Lentamente, fomo-nos erguendo das nossas improvisadas camas e procurámos aquecer corpo e alma numa espécie de chá feito de água quente em que flutuavam pequenas raízes não sei bem de quê. Calçadas as luvas e colocado o gorro na cabeça, o João espreitou por uma nesga da tenda e regressou imediatamente ao nosso frágil refúgio tibetano. No exterior, não se via nada devido ao vendaval que soprava um frio que gelava os ossos e arrefecia o nosso ânimo. Durante mais de hora e meia não nos foi possível saír do nosso abrigo. O vento penetrava pelos buracos da tenda e nem sequer nos aventurámos a tentar ir à zona de “higiene colectiva” existente a menos de 100 metros do local onde estávamos. Pela minha parte, mais do que o frio, tinha receio de perder o sentido de orientação e não conseguir voltar à tenda – pois não se conseguia ver nada a mais de 2 ou 3 metros. Por volta das 0800, repentinamente, tudo mudou e lá partimos com um Sherpa em direcção ao North Face Base Camp, situado num desnível de cerca de mais 200 metros e a 4 kms de distância. Durante o pedregoso mas acessível trajecto, o vento não parou de nos fustigar, embora com menor intensidade e, pela primeira vez, soube o que era sentir as extremidades do corpo começarem a ficar geladas devido ao frio. Reajustei o passa-montanha, o gorro e o capuz, e tentei fazer alguns movimentos com os dedos dos pés e das mãos enquanto avançávamos lentamente. Menos de 1 hora depois de termos deixado a tenda, começámos a aproximar-nos do Base Camp e, simultaneamente, a usufruír os primeiros raios de sol que tinham vencido a enorme “parede rochosa” que antes nos tinha impedido de receber algum conforto térmico.  

Próximo do North Face Base Camp

Próximo do North Face Base Camp

Chegados ao Base Camp e depois de recuperar alguma energia encostados a uma enrme rocha que, virada para o sol, nos serviu de apoio e protecção, começámos a tomar consciência da magnificência daquele local. Não há palavras que traduzam o que senti(mos). Aquele enorme planalto a mais de 5.000 m de altitude terminava num triângulo quase perfeito e com mais de 3.500 m de altura de rocha à nossa frente. O topo do Everest estava ali tão perto e tão inacessível, com os seus 8.848 metros de altitude. O ar rarefeito, o vento gélido, o odor dos muitos yaks que pastavam pachorrentamente; a azáfama de alguns elementos de várias expedições de múltiplas nacionalidades que por ali tinham montado o acampamento base; o movimento de alguns alpinistas que por ali deambulavam sem que se percebesse muito bem o que procuravam ou faziam; o famoso “penacho” perfeitamente visível no topo do mundo, enfim, um sem número de “pormaiores” que seria fastidioso tentar enumerar; tudo isto e tudo o que nunca aqui conseguiria transmitir, responderam de um modo natural às minhas dúvidas noctívagas sobre o sentido de todo o esforço e empenho colocado para ali chegar: é indescritivelmente fabuloso; ficamos reduzidos à nossa mais ínfima insignificância e subjugados pela grandeza do local.

Everest North Face Base Camp

Everest North Face Base Camp

 

Parte do trajecto de acesso desde a tenda até ao Base Camp

Parte do trajecto de acesso desde a tenda até ao Base Camp

Base Camp

Base Camp

EVEREST

EVEREST

O Tecto do Mundo

O Tecto do Mundo

Depois de refeitos do pasmo e recompostos do cansaço e do frio, obtidas as fotografias para mais tarde recordar, regressámos interiormente preenchidos ao local da tenda, a fim de partirmos no HDJ ainda nesse fim de manhã através de uma pista com muitos quilómetros à cota dos 5000 metros em direcção a Lao Tingri.

Everest próximo de Rombuk e a caminho de Lao Tingri

Everest próximo de Rombuk e a caminho de Lao Tingri

Isolados a mais de 5000m na pista para Lao Tingri

Isolados a mais de 5000m na pista para Lao Tingri

Depois das sensações deixadas pelo Everest e apesar de rodarmos completamente sózinhos a cerca de 5000m e rodeados por montanhas com mais de 6000 e picos com mais de 7000, sentíamo-nos infantilmente em relativa segurança. Embora isolados, o nosso guia tinha rede no seu telemóvel chinês, que mantinha uma ligação mais ou menos estável a algumas antenas repetidoras existentes em locais estratégicos. A paisagem continuava magnifica.

Pista para Lao Tingri

Pista para Lao Tingri

Pista para Lao Tingri

Pista para Lao Tingri

Acampamento prx de Lao Tingri

Acampamento prx de Lao Tingri

Lao Tingri é um pequeno povoado que apenas ganha sentido por estar junto da Friendship Highway que é uma estrada com mais de 5000 quilómetros, a grande maioria, alcatroada, que permite atravessar por pista a cordilheira dos Himalaias, em direcção ao Kodari e à famosa Friendship Bridge, que faz a separação física entre o Tibete e o Nepal – o nosso destino seguinte.

Lao Tingri

Lao Tingri

Lao Tingri

Lao Tingri

Para terminar um dia repleto de emoções fortes, havia que jantar e deitar cedo, pois deveríamos acordar pelas 0500 na madrugada seguinte – e garanto que foi por uma boa causa, apesar do frio…

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: