100azimutes


TIBETE – LHASA A GYANTSE
28/07/2009, 01:43
Filed under: Tibete - o Tecto do Mundo | Etiquetas: , , ,

 Visitados os mosteiros, palácios e castelos nos arredores de Lhasa  e terminada com sucesso a aclimatação, arrancámos pelas 06H00 no “nosso” HDJ80 a gasolina em direcção a Gyantse, debaixo de um enorme temporal que nos deixava bastante apreensivos. O vento varria o planalto projectando a neve quase na horizontal e limitava a visibilidade a poucos metros à nossa volta. A opção de patirmos para Gyantse através das passagens de Khamba La (4.794 m), de Karo La (5.010m – o gps marcava 5.020…) e do Lago Yamdrok Tso permitiria, segundo as informações que tínhamos recolhido, uma viagem de sonho através de alguns dos mais fantásticos cenários do Tibete. Todavia, posso garantir que passámos ao lado do Chuwori sem que fosse possível sair do Toy ou obter uma foto que se aproveitasse, tal era a intensidade do nevão. Com esta opção, pretendiamos seguir a antiquíssima rota das caravanas que se dirigiam de e para Lhasa. Depois de passarmos o Khamba La (local onde foi tirada a foto que ilustra o blog) descemos, serpenteando em direcção ao planalto e ao espectacular lago de tonalidade azul turquesa em forma de escorpião – o Yamdrok Tso, um dos maiores do Tibete. Durante muitos quilómetros bordejámos o lago e “estabelecemos” contacto com yaks domesticados, após o que iniciámos a subida para a passagem de Karo La, próximo do local onde o exército tibetano enfrentou em vão as tropas britânicas em 1904. Entretanto, as condições meteorológicas foram melhorando e consegui fazer uns quantos bonecos que, melhor do que as palavras, ilustram a beleza da paisagem e a rudeza da vida daqueles que por lá habitam. Aqui ficam.

Anúncios

4 comentários so far
Deixe um comentário

Que inveja que tenho de vocês. Viajar por locais lindos até cortam a respiração e ter contacto com povos com os quais muito aprendemos para o nosso dia-a-dia. Sortudos……

Comentar por João Pedro Luz

Olha quem fala 🙂 🙂

Tu podias era fazer como eu, “inventar” um pouco de tempo e desvendar um pouco das tuas muitas viagens 🙂 🙂

Abraços p/ vcs.

Comentar por 100azimutes

Boas. Parece-me ter sido um percurso de grandes paisagens, de uma beleza inabalável. Após a leitura do texto fiquei pressa às fotos…particularmente à foto do rapaz, não me saíndo da cabeça a questão: “Como será a vida deste moço tão jovem e ao mesmo tempo com um semblante tão pesaroso?”

Comentar por Ana França

Boas,
Os rostos e as marcas neles deixadas pela dureza do clima e das condições de vida são frequentemente impressionantes e contrastam com a genuina alegria com que interagem depois de vencida a barreira da timidez e da língua.
Ainda esta semana, colocarei um post com alguns dos muitos retratos que fiz nesses contactos.

Comentar por 100azimutes




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: